23 junho 2011

O que eu achei de : O Casarão - Vicente Reckziegel

Título: O Casarão
Autor: Vicente Reckziegel
Editora: Multifoco
Número de Pág.: 142

Sinopse: “A curiosidade pode ser o maior bem do ser humano, mas também pode ser sua perdição. Trata-se de uma história de amizade entre quatro adolescentes inseparáveis, que em busca de uma aventura acabam por encontrar um lugar visível somente a eles. Um local que aos poucos vai transformando e distorcendo suas mentes até ocasionar em uma tragédia. Ambientada na década de 80, mostra o universo da adolescência naquela época, permeada pelo terror de um casarão, que esconde forças ocultas há séculos. Aqui não existe Deus ou Diabo, há somente “O Casarão”.”

     O livro traz a história de quatro amigos: Rafael, Felipe, Roberto e Jonas, que eles preferiam chamar de Quarteto Fantástico. Quatro garotos que adoram uma aventura. Rafael mora com os pais e um cachorro chamado Dark, que segundo trem tratamento melhor que o dele. Jonas mora com sua avó e seu avô que são altamente religiosos, Felipe como descrito por Rafalel " é filho de uma familia extremamente comum", Roberto era considerado o mais bonito de todos e seus pais eram donos de um mercadinho na cidade de Estrela.
      A história gira em torno de um casarão abandonado na cidade de Estrela, casarão no qual parece passar desperceido pelos habitantes daquela cidade, com excessão de dona Abgail que presenciou um fato triste naquele lugar. Um casarão que para os que o conhecem é mal assombrado, cheio de histórias tristes e violentas.
     No decorrer da histórias surgem acontecimentos que podem despertar certa curiosidade no leitor, acontecimentos que acabam trazendo para a trama personagens que foram apenas citados no inicio e que não talvez ao ler não damos muita importância. Acontecimentos em certo ponto um pouco chocantes, fiquei com uma coisa na cabeça durante a leitura, será que essa história não foi realmente vivida por alguém? Ficou essa pergunta, os acontecimentos são narrados como se o narrador tivesse presenciado toda história realmente. Acho que por isso eu fiquei meio que assim ( sou medrosa =/ ).
     O livro que tem como foco o suspense, me lembrou bastante a coleção Vaga-lume. Vocês lembram? É um livro de fácil leitura, com um enredo bom. No início a história flui, com uma leitura rápida. Mas não é bem o tipo de história que eu gosto. Talvez por isso eu tenha demorado um pouco mais do que o esperado para ler as 142 páginas.
    Mas para quem gosta de livros de suspense, vale a pena ler. é um livro de fácil leitura.


Nenhum comentário:

Postar um comentário