09 fevereiro 2012

SET LIST DE QUINTA: preconceito




   Bom galera, eu resolvi escrever esse SET LIST assistindo aos shows do FESTIVAL PLANETA ATLÂNTIDA que acontece no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina também. Bom tudo correndo dentro do normal, com Ivete Sangalo destruindo, Capital Inicial idem e outras bandas no mesmo caminho. Até que surgiu o show de MICHEL TELÓ. Pensei comigo: vou assistir e ver qual é da performance do cara no palco, afinal ele hoje e dono de um dos maiores hits dos últimos anos no BRASIL e já está se espalhando pelo mundo afora. Para quem não sabe a musica AI SE EU TE PEGO é a mais tocada em toda a EUROPA, menos em dois países.


   Na AMÉRICA LATINA também a musica já tomou conta geral. Bom durante esse período que a musica estourou pelo país vi muita coisa sendo escrita na internet, ditas nas TVs e eu ficava encucado com o que o pessoal vinha dizendo. Criticas e mais criticas em cima do cara, da musica. Que a musica gruda igual chiclete, que a musica é de péssimo gosto e por ai vai. Eu concordo que ela realmente gruda e não sai da gente de forma nenhuma. Mas pera ai. PQ A MUSICA E PESSIMA? PQ ELE E PESSIMO? Bom, comecei a assistir o show e o cara simplesmente fez um show espetacular. 
   Tudo bem as criticas quanto a voz dele tudo bem. Mas quanto ao show e as musicas. Eu achei demais, músicas fáceis de cantar, agitadas, dançantes, animação em níveis máximos, visual do show lindo. Vale salientar que em festivais como o PLANETA os artistas não usam as suas parafernálias que são usadas nos shows individuais e mesmo assim o cara fez um show muito legal. Sem falar na banda. Todos os músicos fazendo seus papeis de forma bastante correta, afinação, animação, arranjos que dentro da sua simplicidade cumpre perfeitamente o que lhe e proposto. MICHEL da um show a parte tocando sanfona, toca violão. Eu estou descrevendo isso pra chegar aonde eu quero. 
    O pessoal detona o cara, mas será que ele é ruim? O cara que tem uma carreira de vários anos, já passou por uma banda chamada TRADIÇÃO que na cidade deles, Campo Grande, arrebentava. E devagarinho eles foram aparecendo para o país ate o Telo sair fora e montar sua carreira solo. Um cara que faz uma media de 300 shows por ano. Lota shows pelo país afora. Vende milhares e milhares de CDs piratas e originais, DVDs da mesma forma será que é ruim? Eu respondo essa pergunta da seguinte forma. Ele pode ser muito ruim se você colocar o som dele pra tocar num jantar a luz de velas, num jantar de família ai sim o som do cara e AI SE EU TE PEGO não vai ser nada legal. 
    Agora se você está numa festa, “num churras”, em um  aniversário aposto com quem quiser que se você colocar para tocar, eu duvido quem não vai agitar, cantar e dançar muito. Por tant,  acho que, nós brasileiros, deveríamos prestar mais  atenção nas coisas. Porque nesse mesmo festival teve duas atrações internacionais bastantes esperadas e confesso que nenhum dos dois artistas chega aos pés de qualquer uma das bandas brasileiras que tocaram no festival. E isso não e a primeira vez. No Rock In Rio foi a mesma coisa. Várias e várias bandas de fora que vieram com status gigantescos subiram ao palco e fizeram em minha opinião show medíocres. 
    Aonde as vozes não existiam, as bandas não tocavam, os seja usavam playbacks descaradamente e nós brasileiros que adoramos idolatrar o que vem de fora achamos lindos. Por tanto a minha humilde dica e para prestarmos mais atenção no que é nosso, porque antigamente essa galera de fora para vim tocar no Brasil era uma dificuldade e hoje todos vem porque nosso país esta em evolução e temos condições de bancar eles. Mas aqui dentro não deixamos nada a desejar a ninguém seja em musica, composição, instrumentistas, visual de show, iluminação, cenários e etc... Por tanto ao invés de detonar vamos admirar o que é nosso e muito bem feito. 

PS: Digo o mesmo quanto ao Luan Santana que no mesmo festival fez um aita show e não deve nada a gringo nenhum.





Grande abraço,
Ricardo Brandão.



PS: Eu, Charlene, peço desculpas pelo blog ter ficado parado durante uma semana. Voltei de férias do trabalho, e como se bastasse, a escola onde trabalho está de mudança. Logo, estou trabalhando para 2345 pessoas na biblioteca que só tem euzinha de funcionária. Então esse é o motivo, estou trabalhando praticamente dois turnos. Mas vou tentar colocar o blog em dia hoje. Desculpa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário