11 março 2012

O que eu achei de : Beijada por um Anjo 2: A Força do Amor - Elizabeth Chandler

"Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy Quatro semanas se passaram desde o acidente em que Ivy Lyons perdeu Tristan, o grande amor de sua vida, e deixou de acreditar nos anjos. Os dias têm sido difíceis e para superá-los Ivy busca forças na família e nos amigos. Sua grande motivação agora é ensaiar para a apresentação de piano no Festival de Artes de Stonehill, já que Suzanne, sua amiga de infância, pensando em animá-la, fez a inscrição, mesmo contra a sua vontade. Ainda sem saber lidar com os seus poderes angelicais, Tristan Carruthers conta com a ajuda de Lacey - um anjo mais experiente - para aprender a tocar nas pessoas, canalizar energia e voltar ao passado. Assim, os dois partem na busca por respostas para o acidente, por uma maneira de Ivy sentir Tristan e, principalmente, de mostrá-la que o acidente foi, na verdade, um assassinato. Todo esforço de Ivy para superar a perda de Tristan é interrompido por pesadelos que a fazem reviver o dia do acidente e se misturam com fatos do dia do suicídio de Caroline, ex-mulher de Andrew, marido de sua mãe. O temor de Ivy é acalantado nos braços de Gregory, seu irmão adotivo. Angustiado pelos contínuos pesadelos da amada, Tristan decide que é a hora de fazer contato e segue seu objetivo com a ajuda de Lacey. Mas como aproximar-se de Ivy se ela não mais acreditava em anjos e ele agora era um? O amor que os une será o canal para Tristan se aproximar de Ivy e alertá-la sobre as pessoas que estão ao seu redor. Será que todos em que ela confia são realmente seus amigos?

ISBN: 9788563219176
Editora: Novo Conceito
Ano: 2010
Páginas: 256
Classificação: 4/5
Onde comprar: compare  


    Sempre vejo resenhas negativas e outras positivas sobre essa série, eu particularmente estou gostando bastante. No primeiro livro da série (resenha), Ivy e Tristan sofrem um acidente onde causa a morte do rapaz. Esse segundo livro começa aproximadamente um mês depois da morte do rapaz, Ivy não acredita mais em anjos e tem uma grande dificuldade em aceitar a morte do seu grande amor.
      Tristan e Lacey ( uma "anja" esquisitérrima) tentam desconfiam que o acidente com o carro pode não ter sido apenas um acaso do destino, e sim um acidente planejado por alguém. E é a partir dessa hipótese que Tristan começa a querer defender ainda mais sua paixão.
     A história gira em torno dessa desconfiança e chega a descoberta de Tristan sobre o que pode ter acontecido realmente no acidente, e que pessoas próximas podem ter causado isso querendo acabar com a vida de Ivy e não a de Tristan.
     Mas com o decorrer da história Gregory, aquele que eu não vou de jeito nenhum com a cara dele, começa a se envolver com Ivy e ela se sente envolvida também por ele. Sei lá, eu não consigo confiar nesse Gregory. Acontecem algumas coisas que fazem com que cheguemos a conclusão que Tristan tem realmente razão sobre o acidente. Que o acidente pode ter algo com relação a morte da mãe de Gregory, Caroline, e eu fiquei com aquela pulguinha atrás da orelha depois de um acontecimento mais para o final do livro: será que Gregory tem algo a ver com a morte da mãe? E aquele amigo esquisito dele, o Eric?
       Ivy começa a se sentir mais incomodada com a persistência do seu pequeno irmão em dizer que tem um anjo da guarda protegendo ele, e que ele sente isso. Acho que no fundo a Ivy não quer deixar de acreditar em anjos, e sabe que Tristan esta por perto. Mas ela continua relutando em relação aos anjos. Tem alguns trechos do livro, que ela faz coisas que Tristan a ensinou a perder o medo, e isso dá um tom de nostalgia em Ivy. Mas juro que fiquei com dó de Tristan quando ele tem que ver seu grande amor beijando outro. Que dó gente!
        Eu continuo gostando da série, continuo curiosa para saber onde vai dar esse amor quase que eterno de Ivy e Tristan, eu acredito no "felizes para sempre". E acredito em anjos assim como Ivy e seu irmão. Eu acho que a autora está levando de uma forma leve a história o que não deixar que o leitor canse dessa "saga" de Tristan. Eu pelo menos quando sinto um livro carregado demais, ainda mais séries, perco a vontade da leitura rapidamente, e Elizabeth está sabendo prender minha atenção perfeitamente! O livro leva 4 pontinhos ao invés de cinco só porque foi mais paradinho, mas acho que isso seja normal né?! Mas vale a pena a leitura.
      

2 comentários:

  1. Obrigada por participar do sorteio
    Boa sorte
    Boa semana
    Beijos coloridos

    ResponderExcluir
  2. Ain.... Eu tenho o 4 e o 5 aqui, mas não os 3 primeiros... Quero muito ler!

    Bjus,
    Náh

    p.s.: Retribuindo visitinha no blog!

    ResponderExcluir