26 março 2012

O que eu achei de: Minha Vida Fora de Série ~ 1ª Temporada - Paula Pimenta

Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante a se conhecer: ela mesma. Quem gosta da coleção “Fazendo meu filme” não pode perder o livro de estreia dessa nova série de Paula Pimenta. Situado no mesmo universo ficcional, temos a oportunidade de acompanhar alguns dos nossos já adorados personagens, três anos antes da história de "Fazendo meu filme” começar. Não perca a 1ª temporada da vida fora de série de Priscila!                       


ISBN: 9788580620054
Editora: Gutenberg
Ano: 2011
Páginas: 405
Classificação: 5/5
Onde comprar: compare  



     Estou simplesmente apaixonada por esse livro! E não venha me dizer "é um livro adolescente", eu nem sofro com isso! Só sei que é MA-RA-VI-LHO-SO! O livro conta a história de Priscila, uma adolescente de 13 anos que muda para Belo Horizonte (minha querida cidade) após a separação dos seus pais. A mãe de Priscila que tem parentes em Belo Horizonte resolve morar aqui (levando em consideração que estou em BH =D ), e o pai dela fica em São Paulo com o irmão dela - Priscila.
      Essas mudanças são complicadas, para qualquer idade, mudar é ter que se readaptar em uma nova vida, uma nova rotina. E com Priscila não seria diferente. Mudar de escola, conhecer novas pessoas, e conhecer coisas novas na vida de um adolescente pode marcar e muito. 
      Ao chegar em BH, ela já tinha uma "amiga" que por sinal era sua prima e tinha como missão inseri-la no seu grupo de amigos, o que não foi muito difícil devido a espontaneidade que nossa protagonista tem. Mas nunca, isso mesmo NUNCA, diga que ela é ruiva! Afinal de contas apesar dela ter sardas, ela não é ruiva, só tem uma cor de cabelo diferente (adorei isso).
       Em BH como não temos mar vamos para o bar ou para o clube, como Priscila é "de menor" ela vai ao clube, e lá começa a se interessar por um rapaz e com a ajuda da sua mãe aprende a "puxar a cordinha" (isso é fundamental para nós mulheres), sua mãe sempre amiga e por perto. Mas como era de se esperar o garoto não era uma Brastemp. Mas o destino iria se encarregar de mostrar o príncipe.
       Começam as aulas, e com elas a nova vida e as confusões amorosas de Priscila....
       Eu só posso dizer novamente que amei! é um livro doce, de leitura fascinante que só Paula Pimenta sabe fazer. Você se sente realmente na vida de Priscila, eu me senti como membro de todos aqueles acontecimentos. Se contar que o amor dela pelos animais (ela mora quase em um zoológico) me cativou ainda mais. Eu também tenho um Snow mas o meu é um cachorrinho muito temperamental. Outro ponto marcante da nossa protagonista é o seu amor por séries, acho isso muito legal.
       Gente, e o Rodrigo!?!? O que é aquilo? Eu também tenho um Rodrigo hehehe ( será que sou quase uma Priscila?!), ele é um fofo... Acho que se todas as adolescentes encontrassem um Rodrigo desse metade delas não seriam como são.
        Vale muito a pena ler, reler, marcar, remarcar. Eu li O FMF 1, mas quero reler para ler os outros, eu não sou de fazer releitura de livros, mas a Paula conseguiu fazer isso comigo. Estou com muita vontade de reler, me encantar novamente com essa mocinha que não é ruivinha, e quem sabe deixar novamente as lágrimas brotaram tímidas (quase chorei com o sofrimento amoroso de Priscila, #vergonha). 
        O livro traz uma mensagem de amizade, carinho, amizade mãe-filha, amizade pai-filha, e até  mesmo a cunhada da Priscila me conquistou. Se não leu não perca mais tempo! Corre e leia!
          Separei um trechinho da música que Priscila cantou na sua primeira aula de música, com ninguém menos que sua sogra (que fofo!):

 Maybe I'm afraid of the way I love you
Maybe I'm amazed at the way you pulled me out of time
And hung me on a line
Maybe I'm amazed at the way I really need you...



2 comentários:

  1. O livro é realmente muito bom. Paula Pimenta consegue escrever inserindo as pessoas no mundo dos personagens. Enfrentamos os desafios junto com eles e sentimos as alegrias e tristezas também.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh depois dessa resenha fiquei loca pra ler esse livro!!!

    The O.C <33 #foreverr

    ResponderExcluir